Archive for março, 2009

Volto já, já…

26/03/2009

Pois é, Gente… Sei que o blog andou meio devagar esses dias, mas eu estava com visita em casa. Sorry…

E agora escrevo para avisar que ficaremos sem posts até o próximo dia 05. Vou viajar – Lua-de-mel, yes!! – e, claro, tirar férias totais de computador. Na volta, publico fotos, ok? E muitos posts!!!!

Anúncios

Livro: Luna nueva

26/03/2009

21419901

  • Título: Luna nueva
  • Autor: Stephenie Meyer
  • Editora: Alfaguara
  • Nota: de 01 à 10, no máximo 06!

No segundo volume da série Luz e escuridão, S. Meyer segue a história de Bella e Edward, com seu amor vampiresco impossível.

Achei fraquíssimo. A trama começa a esquentar da metade pro fim. Mas até chegar lá (são mais de 500 páginas no total)… putz. Super arrastado!! A impressão que deu foi que a autora estava sendo engolida pela editora para entregar material e foi enchendo linguiça até conceber a idéia.

Mas uma coisa eu tenho que admitir: Lua nova é bem mais sombrio do que Crepúsculo, pois a parte em que a história se torna mais dinâmica, a atmosfera fica mais assustadora – ainda que em doses mínimas, como um romance adolescente deve ser.

Post-it do dia: depois da despedida

25/03/2009

Casa vazia é uma m&^%#.

Momento Mastercard

16/03/2009

Carne moída: BsF 20,00

Massa de tomate: BsF 14,00

Refratário: BsF 85,00

Ver seus pais raparem os pratos logo no primeiro almoço que você prepara para eles na sua casa: não tem preço

Vida triste

13/03/2009

Calma, não tô falando da minha.

Ainda nessa semana, conheci uma mulher que é conterrânea da minha mãe (Ubá bão, sô!!). Conversamos, tecendo comentários sobre a cidade. Como ela é amiga de uma amiga, o papo foi ganhando novos assuntos e chegou no casamento.

Estávamos caminhando e brincando que o aviãozinho que vai para Los Roques vive caindo, que era perigoso, e que para embarcar a pessoa teria que ir sabendo da possibilidade de não voltar – tudo um exagero, queríamos colocar terror nas outras que haviam acabado de comprar seus pacotes de viagem. Até que a mulher me solta uma dessas: “Se eu morrer nesse inferno de lugar, eu volto e mato o desgr$#@&*.”

(Desculpa, mas é que eu nem escrevo essa palavra. Aprendi com a minha mãe de nem repeti-la, quanto mais escrever.)

Eu, que participava mais de ouvinte, parei de andar, peguei o braço dela e disse: “Peraí, só pra eu entender. Você tá falando é do seu marido???”. Ela ficou meio sem graça, e emendou um “Pois é, tô quase surtando com esse homem e se ele me apronta uma dessas eu faço ele perder o rumo!!”.

Depois eu fui saber que a mulher ODEIA Caracas, que trata o marido que nem capacho de porta de delegacia na frente de todo mundo e que já anunciou para os quatro cantos que até o fim do ano se separa dele.

O meu marido diz que cada um tem o santo que merece. Mas mesmo assim… Achei TÃO feio, mas TÃO feio… Sei lá, senti tristeza por ela. Imagina ter uma vida assim? Imagina SE PERMITIR ter uma vida assim, indiferente e sem respeito algum pelo pai dos seus dois filhos, e ameaçando o tempo inteiro que vai largar do cara?

Graças à Deus, não sei nem o que é um milésimo disso. E só Ele mesmo pra restaurar o coração dessa mulher.

Compras

13/03/2009

É só comigo ou supermercado dá uma canseira monstra na gente??? Tô moída!

Tem gente que dá preguiça

12/03/2009

(Eu e uma amiga hoje num pet shop buscando o cachorro-filho dela. Até aí, tudo bem. O problema foi quando ela resolveu achar bonitinho um lenço para o dog.)

– Que que cê acha?

– Ah, bonitinho.

– Mas que cê acha?

– Bonitinho.

– Que cê acha, Esther?

– É bonitinho. Tem que ver se ele fica sossegado com isso no pescoço.

– Mas cê acha que eu levo?

(Putz. Olha só minha paciência: já tá lá longe!)

– Já faleeeeeeei, é bonitinho. Leva se vc gostou.

– Me ajuda, vc sabe que eu sou indecisa.

(Jura? Nem percebi!!)

– Oh, eu acho fofo. Mas eu sou a última pessoa do mundo para quem você deveria perguntar isso. Não sou muito fâ de cachorro.

– Ah.

– Acho que eu vou levar né?

– Vou levar, então.

(zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz…)

E a ansiedade começa…

10/03/2009

Meus pais vão chegar aqui em Caracas no próximo sábado. EBA! Primeira visita que receberemos na nossa casa, tudo sendo preparado com muito carinho, preocupações em fazer o melhor para eles enquanto estiverem aqui.

Mas achava que pesadelo não fazia parte do pacote.

Acredita que ontem eu sonhei que meu pai pôs os pés aqui e disse, em alto e bom som: “Nossa, que cheiro de mofo que tem nessa casa!”? Já minha mãe, no meu sonho, reclamou que o quarto devia ser interditado, de tanta poeira que havia por lá. Aí, o telefone tocou e eu acordei.

Tudo efeito da tal ansiedade. Ai, ai, ai, ai, ai…

PS: as janelas vão ficar escancaradas durante o dia, até sexta-feira, e a faxineira vai trabalhar dias dobrados essa semana. Just in case, sabe como é.

Livro: As cinco linguagens do amor

09/03/2009

150753

  • Título: As cinco linguagens do amor
  • Autor: Gary Chapman
  • Editora: Mundo Cristão
  • Nota: de 1 à 10, 10! 🙂

Trata das formas de receber e dar amor, divididas em cinco grupos: palavras de afirmação, tempo de qualidade, presentes, atos de serviço e toque físico. Ensina a encontrar sua própria linguagem e como identificar a de seu cônjuge.

O livro estava estacionado na estante há um tempo, insistindo em me chamar todas as vezes que passava por ele. Resolvi ler e amei! A leitura é gostosa, fácil, e muito interessante. Recomendo!

Filme: Twilight

08/03/2009
****/*****

****/*****

Bella é uma menina que volta a morar com o pai no interior e lá descobre Edward, rapaz bastante diferente dos demais. Simplesmente porque ele é um vampiro. Começam a viver esse amor impossível e todas as suas aventuras.

O famoso Crepúsculo foi parar no cinema. A brancura doente de alguns personagens descarta uma das características principais destes vampiros: a beleza exagerada. Mas até que a adaptação foi fiel ao livro, apesar de a versão escrita ser MUITO mais rica, detalhada e assustadora – o que faz toda a diferença quando se trata de vampiros. No geral, a montagem ficou bacana.